17 October, 2007

Ventos & Cpª :-)

Cliquem no álbum:
Wind_Storm

muitas fotos e uns videos!
O Inverno do ano passado foi bem recheado! E logo o meu primeiro Inverno aqui, que Maravilha!
:-))
Estou um pouco atrasada no 'post', afinal deveria ter escrito isto há muito mais tempo e não o fiz. Então... por quê escrever agora?
Porque... e vcs não vão acreditar... outra wind storm atingiu Seattle!! 'E verdade!
It's Unbelievable, I know! ;-)
Foi na 5ªf, dia 18 e no dia 8 tivemos um ciclone mesmo à beirinha da nossa costa, tão bem delineado, foi dos 'monstros' mais lindos que já pude observar... mesmo a lembrar a definição de centro de baixas pressões dada nas aulas de sinóptica.
Claro que tenho tudo registado, com imagens de satélite e de radar, tabelas, análises de superfície e tudo e mais alguma coisa que vcs possam imaginar. O entusiasmo continua o mesmo e não estou sozinha.... o grupo de sinóptica aqui do deprt vibra com estes acontecimentos, emails atrás de emails, sempre na partilha de informação e da evolução dos eventos.

A neve (duas vezes no Inverno de 2006), a wind storm, o freezing fog conduziram Seattle ao caos.
Lembro-me como se fosse hoje da 1ª vez que nevou, em Novembro de 2006.
As televisões avisavam há alguns dias a presença de uma massa de ar frio na região e a temperaturas tinham descido bastante. Ia entrar um sistema depressionário e a probabilidade de queda de neve era grande, todos os modelos de previsão apontavam nesse sentido. Nessa tarde, andava eu de um lado para o outro, lá no 7º andar, a tirar fotografias de nuvens... era com cada Cb (Cumulonimbus) que só de olhar arrepiava! Estava no meu gabinete quando começou a cair granizo. Uns momentos mais tarde, nevava!
Saí do deprt era já de noite, no Inverno anoitece cedo, e como uma alegria enorme a inundar-me o corpo e a alma, sem chapéu de chuva, só de casaco e cache-col, cheguei à paragem do autocarro onde estavam, pelo menos, umas 50 pessoas à espera. Há horas que não passava nenhum autocarro.
Ainda me aguentei la´uns minutos, o suficiente para ter uma ideia do caos. Lembro-me de ver um carro, a subir uma pequena rampa para entrar na estrada principal e a não consegui fazer a curva e ir direitinho ao passeio. A estrada estava super perigosa, o granizo que caiu formou uma pequena camada de gelo que forrava as estradas em Seattle.
Ao ver aquela situação e olhar mais uma vez para a paragem lotada de pessoas, pensei para mim mesma: "Eu vou meter-me num bus com esta gente toda??! e depois descer uma colina inclinadíssima que fica no caminho??... Nem pensar!!! Eu tenho que aproveitar isto, porque é lindoo!!"... e devagarinho, desci as escadas até à Burke-Gilman trail e foi colossal ver o manto de neve, de uma altura já considerável, que cobria a trail.
Nem estava a acreditar no que os meus olhos viam!
E lá fui eu, em direcção a casa, inaugurando o manto de neve com as minhas pegadas, tão contente que nem sentia o frio, tão contente por sentir os flocos de neve a caírem no meu cabelo, nas minhas faces, no meu nariz, nos meus olhos, nas minhas mãos, o meu casado a mudar de cor!:-)
Quando cheguei à avenida principal pude observar mais uma vez o caos... os autocarros parados, as colinas que dão acesso à universidade fechadas, o maior "traffic jam" que vcs possam imaginar... tudo parado! Não havia um único espacinho livre.
Foi um desafio subir a avenida até minha casa, a tal camada de gelo dificultou um pouquinho, mas o entusiasmo era tanto que não me venceu! ;-)
Cheguei a casa bastante molhada, cheia de flocos de neve por todo o lado (estava linda!hehehehe). Depois de passar bastante tempo lá fora, de andar de um lado para outro muito entusiasmada, liguei a Tv para ver as noticias..... o outro lado do mesmo episódio: muitos acidentes de viação, as pessoas a abandonarem os seus carros por não conseguirem tira-los do local onde estavam, e até morreram pessoas, resultado desses mesmos acidentes de viação.
Nevou muito nessa noite.
No dia seguinte estava tudo branquinho.Tão bonito, Tão bonito!
Eu mal me aguentei no gabinete, confesso. ;-)
Os dias seguintes foram também muito perigosos, mas noutro sentido. O sistema passou, mas o frio ficou, e uma camada de gelo cobria passeios e estradas.
Foi um show de patinagem.... posso dizer artística, dada a arte de algumas quedas que assisti e das minhas próprias derrapagens! :-)
Voltou a nevar em Janeiro deste ano, mas não com tanta intensidade como da 1ª vez.

Depois deste episódio no final do mês de Novembro, um mês completamente 'wild', que foi apelidado de 'November Rain' porque choveu muitíssimo nesse mês, surge a 'wind storm' em meados de Dezembro de 2006. Esta, my friends, mereceu respeito. Fez muitos estragos... como podem imaginar, numa cidade com tantas árvores. Foi na época das noitadas, em que eu acumulava diversas tarefas, e pude assistir, ou melhor, ouvir a entrada de mais um ciclone. O meu quarto da altura dava para o pátio das traseiras, um pequeno espaço preenchido por 3 árvores monumentais e vários arbustos pequenos. O vento era de tal maneira forte que a sensação que tinha era que as árvores iam entrar pelo quarto a dentro. Foi intenso e ao mesmo tempo assustador! Cheguei a ir ver como estava o nosso pequeno jardim e fiz um vídeo (aumentem o som porque dá para ouvir a ventania), nessa altura já vários ramos das árvores cobriam a relva. Rajadas de mais de 100 km/h foram registadas.
Na manhã seguinte, a cidade parecia que tinha sido varrida por um... ciclone. Várias árvores caídas, árvores grandes, com as raízes todas de fora, ramos por todo o lado, uma das paragens de autocarro que costumo frequentar ficou completamente destruída porque uma árvore centenária caiu-lhe em cima. Mais de 1000 pessoas ficaram sem luz e houveram bastantes mortos... morreram a dormir, quando as árvores lhes caíram em cima.

Na 'wind storm' de 5f, as rajadas andaram à volta dos 50 km/h... felizmente não morreram pessoas, mas houveram outras tantas que ficaram sem luz. Foi o suficiente para as árvores ficarem quase despidas, as ruas cobertas de folhas. O estado de Oregon, que faz fronteira a sul com o estado de WA, é que pode experimentar as rajadas mais fortes, porque o sistema passou mais a sul.

Estamos a meio do mês de Outubro, em pleno Outono. E isto já vai agitado. Em todos os sentidos! :-)

{**

PS - Está a chegar o Halloween! heheheh já se vêem abóboras às entradas das casas, e nós já temos cá uma, que fica iluminada durante a noite! É tão giro! vou ver se consigo fazer um 'post' sobre o isto ;-)



1 comment:

valentina said...

abóbora abóbora!! adoro abóbora :D no cozido à portuguesa, na sopa, doce de abóbora para a cream cracker!! :P

aqui nevou hoje pela primeira vez este ano! e ainda só estamos em outubro,o verão ainda nem se foi embora há 1 mês! e eu a ver na TV a máx para amanhã são 6 grauzitos celsius e em portugal?... uns abastados 24!... :S