31 May, 2008

Situações estranhas... última parte (por enquanto).




Fotografia daquele que me dá volta à cabeça :-)

(gosta particularmente desta posição para dormir...)



até que na semana passada algo de muito estranho aconteceu e nem a dona, depois de 8 anos de convivência exclusiva conseguiu explicar...

a semana passada fiquei em casa a trabalhar.
Isto geralmente acontece por duas razões: ou preciso de ler ou preciso de escrever (cientificamente, claro) e como sou preguiçosa para as duas (então para escrever nem se fala), e precisava de fazer as duas fiquei em casa a trabalhar (o que vcs não sabem é o quanto foi extenuante a semana, dava outro artigo!). Nessa semana, ela - a dona do cão - saiu sempre muito cedo e chegava tarde. O cão ficou o dia todo aqui em casa, restringido ao hall, à WC e ao quarto dela ( a sala comum é local proibido pq o bébé apanhou uma pulga.... onde está o pequenito não está a espécie canina).

No 1º dia, assim que me levantei e abri a porta do quarto dou com ele deitado mesmo à minha porta, levantou-se de imediato e entrou no meu quarto para lá ficar o dia inteiro. Não saiu nem por nada, a não ser que me demorasse mais 'do que o normal' e ele lá então aparecia para depois me seguir como se eu fosse o seu mais fiel amigo (inversão de papéis).
Até lhe arranjei uma toalhinha comprida e felpuda para ele estar mais confortável e não deitado directamente no chão (que é de madeira).
E lá ficou comigo o dia inteiro. Sempre enroscado ao pé de mim e ele que não é de saltar, apanhou-me com o computador fora do colo e saltou para lá e enroscou-se. Adormecemos os dois enquanto eu lhe fazia festas no dorso, uma terapia altamente relaxante! :-)
Até que... chegou a dona e ele correu para a porta do meu quarto e pôs-se aos saltos atrás de porta e quando eu a abri ele saiu disparado a correr para ela e eu.... fiquei triste.... entao este *#&^$(*@ passou o dia inteiro a dar-me mel, todo deprimido e triste e eu de volta dele toda sentimental.... e assim que ela chega ele voa....?!?! TRAIDOR!!
:-D
Até ao outro dia nao me ligou nenhuma, fiquei zangada!!!
Ai é??? já te vou ensinar como se escreve o meu nome..... nao gosto de espécies mal agradecidas, principalmente a vossa que sabe dar o verdadeiro valor à atenção!

No dia seguinte a mesma coisa, assim que ela se foi embora voltou-se para mim. Nao lhe abri a porta. Começou a empurrar a porta com a cabeca, mas ela estava bem fechada. Entao resolveu aplicar outra técnica: raspar com as patas na porta e ganir baixinho. Ora fazia na minha porta ora na da sala grande. Nenhuma se abriu até que precisei mesmo sair do quarto e ... voilá... ele entrou directo lá para dentro!
resolvi dar-lhe uma 2a oportunidade, mas desta vez nada de colos com massagens no dorso. Assim que ela chegou..... ele até ladrou! (coisa raríssima)... e lá foi ele a escorregar pelo soalho de tanta excitação.
E resolvi terminar com aquilo.... nos dias seguintes até ao final da semana, no qual ela o levou de fsm, mal ela saía ele punha-se a raspar nas portas e a ganir e nao tive outro remédio senao diagnosticar o caso: estás com uma depressão! e com o apoio do resto do pessoal na casa pois já ninguém aguentava vê-lo daquela maneira e porque nunca o tinham visto assim.... às vezes penso que é falta de uma namorada, falta-lhe uma cadela, os cães tambem têm estas necessidades.... lá falámos com ela e explicamos a situação, afinal o cão é dela, responsabilidade dela (os americanos tem definições muito estranhas da palavra "responsabilidade") e eu já não aguentava o raspar na porta seguido de ganidos dele e além disso o meu quarto estava todo sujo de folhas mortas, areia e sei lá mais o que que o cao trazia ou arrastava com a cauda!
Podem agora ter uma ideia do que é que um cão suja.... agora imaginem o que será não limpar, ou melhor, muito, muito tempo sem limpar!

E pronto, agora ele vai tomar aqueles remédios naturais (decisão dela para acabar com o problema) para tratar a ansiedade e depressão, exclusivamente para 'pets' . Sim, porque aqui ha' de tudo para os animais de estimação, tudo o que vcs podem imaginar e aquilo que não cabe na vossa imaginação também!

E para a despedida, hoje faço-a à moda do Juju:

See you later, alligator! ;-)

Situações estranhas... parte 2.

continuação da saga.... (que ainda não tem nome).

Hoje o protagonista é o cão.

Este cão dá-me a volta à cabeça! ;-) (no sentido literal) e não só.. dá-me a volta ao quarto, à roupa e acaba sempre por me deixar num estado de nervos (não esquecer que Marte ainda está em Leão), ainda por cima eu que gosto tanto de animais de estimação.... há aqui qualquer coisa de errado.

A 1ª vez que conheci este cão foi no Natal passado, ainda eu não morava nesta casa, mas a pedido do dono vim fazer o famoso housesitting, que é, nada mais nada menos, que tomar conta da casa enquanto os donos estão fora. Eles foram passar o Natal ao Texas, a outra rapariga foi para casa da família na costa leste e como era muito caro levar o cão, ficámos só eu e ele durante uns dias até ela voltar (e depois dela voltar continuámos só eu e ele, se é que me entendem).
E para tornar as coisas mais excitantes, foi uma relação ditada pelas regras: tem que ser passeado de manhã até por volta das 10h e ao entardecer, come 2x por dia e na 1ª tem que ser assim e assim, e dp à noite assim e assado. Lá tive que ajustar o meu horário por causa do bichano, mas até foi com gosto, porque ele é realmente um querido, só cheirava era muito mal.... a altura dele dá-me acima do tornozelo (é um cão baixinho) e conseguia adivinhar onde ele estava só seguindo o cheiro que ficava onde ele passava.
ele nessa altura usava um tótó na cabeça... se não usasse não via nada, e mesmo com o tótó eu tinha alguma dificuldade em ver-lhe os olhos (ainda hj tenho e ele tem agora o pêlo curto).
Os primeiros dias não correram nada bem.... acho que nunca vi um animal tão triste na minha vida... ficava quase todo o dia sentado à porta do quarto a olhar lá para dentro para o vazio, mesmo de noite nunca saía de lá e gania. Comecei a ficar seriamente preocupada e pensei mesmo até telefonar à dona, pois ele deixou de comer.
A pouco e pouco lá voltou ao normal. Quando ela voltou do Natal pude ver com os meus próprios olhos um cão minúsculo saltar quase até à altura da ancas, o pobre do bicho estava mesmo contente e muito, muito saudoso. Ela lá lhe fez umas festas: Hi buddy! e ele que não se aguentava nas patas de tão contente, corria, ou melhor escorregava de um lado para o outro, uma loucura, que durou umas horitas, pois ela voltou a desaparecer.... várias vezes.

O que me apercebi desde que as coisas voltaram ao normal é que as regras que o cão "precisava" ela nunca as cumpre, faz o que bem lhe apetece quando lhe dá na telha, isto é, o cão tem o ritmo dela..... claro, já estão a pensar e eu também, andei eu toda preocupada com o bicho, com os passeios dele, com a alimentação dele até com a tristeza dele (até conselhos pedi...) ... enfim.

A partir dessa altura o cão começou a associar-me a comida e a designar-me por "a outra" (ainda por cima eu que não gosto nada destas designações, ou sou a 1ª ou nada feito, por isso tive que ter uma conversa séria com ele para lhe mostrar quem manda, mas adianto-vos que ela- a dona- levou a melhor, afinal são 8 anos de o manter sempre fechado no quarto com ela, na WC também, dentro da mochila quando ela vai para as montanhas, isto é, ele não conhece outra 'espécie'...).
A parte da comida começou quando ele vinha esbaforido do passeio e ia a escorregar directo para o prato da comida.... vazio... nada de nada. Uns minutos mais tarde.... nada de nada.... corria directo para mim, sempre de volta das minhas pernas (geralmente apanhava-me na cozinha a cozinhar) ou sentava-se mesmo junto a mim, sempre a lamber o focinho e eu pensava "que raio de dona foste arranjar rapaz!" Are you hungry? dizia eu alto, mas nenhuma reacção do lado do quarto dela.
Houve uma vez que cheguei a dar-lhe um bocadito de nabo (descobri que adoro nabo cru, aquilo é Viciante, NÃO COMAM!) porque ele não me deixava em paz.... e não é que ele lambeu o bocadito todo?!?! não estava a acreditar.....(para a próximo experimento com cenoura... aguçou-me a minha curiosidade científica, mas para dar certo as condições iniciais têm que ser as mesmas, isto é, tem que vir esfomeado!)

depois de algum tempo ele lá percebeu que eu não lhe ia dar nada e deixou de vir ter comigo, afinal temos que cuidar das nossas responsabilidades, é ou não é?

até que na semana passada, a semana do banho (não vou falar de limpezas, prometo, prometo, prometido, já esqueci...) aconteceu algo ainda mais estranho..... que vou deixar para a parte 3, porque esta já vai longa e depois eu não tenho paciência para ler isto :-)

até já {**

30 May, 2008

O que NUNCA devem dizer....

... a um cientista ou a uma pessoa que dedica TODO o seu tempo a fazer investigação :-)

- "O quê?! há uma semana a trabalhar nisso e ainda não terminaste?!?!?!"

Resposta:


[estou só a contribuir para a Harmonia entre TODOS nós! ;-)]


abracinho {**

Os efeitos de um elogio :-)


uma rapidinha :-))


Ha' dois dias atras, numa das aulas de Tango Argentino, daquelas que metem aqueles passos todos estravagantes com rodeos e pernas para cima e para baixo :-D, o meu 'lead' (nunca tinha dancado com ele antes, apesar de ja' o ter visto em varios 'social dance' e o ter achado um 'charme' - cabelos grisalhos e um olhos azuis lindooos....) vira-se para mim e diz:

- You look so pretty with your hair like that!

Resultado:

ha' 2 dias que ando com o cabelo solto e com um sorriso nos labios!

Opa'... sinto-me beim! ehehehhehe

[Tango is my boyfriend... no one has ever made me feel so beautiful! by Christa Rodriguez.]


beijos {**

PS - o unico pormenor que nao lhe assenta bem 'e a alianca no dedo e a 'respectiva' que danca espectacularmente bem!

28 May, 2008

Situações Estranhas.....

Hoje vou quebrar todas as regras do meu blog.

Hoje este post não vai ser cor-de-rosa, cheio de situações e/ou eventos que vão encher o coração do meus queridos leitores, que por acaso são os meus amigos (não esquecer que este blog é mesmo caseirinho!).

e vou já directa ao assunto:
Ontem saltou-me a tampa! Com tudo a que tive direito!
Só não tive espectadores porque eram 2h da manhã e estava tudo a dormir!

A Susy simpática desapareceu por completo e surgiu, no seu mais belo esplendor, o meu lado obscuro, aquele que anda de saltos altos sem se desequilibrar e põe a mão na anca quando fala e uma das sobrancelhas faz um V invertido!

Eu desde que me mudei para esta casa já andava com suspeitas, muito desconfiada, mas não podia ser, não conseguia acreditar que alguém pudesse ser assim, mesmo sendo americano.... não era possível...mas ontem as minhas suspeitas confirmaram-se:
É mesmo verdade! Os americanos (mulheres mais que incluídas) são uns Porcos! e o pior é que tentam convencer-me que é normal ser assim....estão a baralhar-me as ideias por completo.

Ontem descobri que a outra rapariga que vive cá em casa e que é dona do cão, de raça pequena e que o pelo fica muito comprido, que por sinal cheira sempre mal pois não é escovado e banho também não leva frequentemente (mas é um querido, coitadinho), deu-lhe banho na banheira onde TODOS nós (4 adultos e 1 criança de 1 ano) tomamos diariamente banho e não lavou a banheira! A banheira ficou cheia dos pelos do cão, de areia e bocados de terra.

Conseguem imaginar o meu choque quando fui ao WC lavar os dentes e olhei para a banheira, porque o cortinado estava aberto? NÃO ESTOU A ACREDITAR !!!

Durante uns segundos não consegui fechar a boca tal era o meu espanto! :-D :-D

Quando recuperei levantei as mãos para os céus e agradeci o facto de ter tomado banho antes dela e do cão, caso excepcional, porque geralmente tomo banho antes de me deitar (entre a 1h30 e as 2h da manhã).

Ainda muito atordoada sem saber o que pensar daquilo tudo, sem saber se esta atitude era normal ou não (?!??!?!?!), a dúvida a consumir-me como se estivesse enjaulada, ligo o skype e toca de telefonar para quem me podia socorrer, a minha mãe!
E a pergunta foi: Ó mãe, achas normal....... e ela: Ó filha, claro que não é normal!
Suspirei de alívio, afinal não estava maluca, ainda continuo a saber o que é limpeza. Conselho da mãe: vai já falar com os donos, isso é responsabilidade dela. Mas o melhor mesmo é desinfectares tu com lixívia e deixa actuar uns minutos!

Um pouco mais desanuviada resolvo fazer novo telefonema, mas desta vez lembrei-me de quem tem mesmo um cão num apartamento: o Ruca! Assim que ele me atende diz de imediato: Ó Susana que pergunta tão estranha.. claro que não é normal! e depois da explicações dele que me levaram a rir à gargalhada, que ele tem mesmo sentido de humor, ele termina com:
Tu sai daí o mais depressa possível que eles estão a transformar-te!
(ai.. Jesus.. estou feita ao bife!.... desde que cheguei aqui tornei-me muito religiosa, farto-me de apelar aos Santos... vã lá saber-se porquê!)

Vocês chamem-me à razão se virem que qualquer coisa não está dentro dos 'meus' parâmetros normais. Vcs conhecem-me! :-)

ENTENDEM AGORA POR QUE É QUE EU JÁ MUDEI DE CASA 3X ???
(desculpem estava mesmo a precisar..... suspiro de alívio)

e em todas é sempre igual, eu nem vos conto... ninguém limpa NADA.... mas, claro saem à rua todas empiriquitadas, com mask, shades e gloss brilhante, têm 20 malas das quais 15 custaram mais que 200 dólares. Como é possível viver assim, digam-me lá?

Enfim.... a melhor notícia que podia ter recebido este mês foi que, a partir de Julho de 2009 estou livre deste americanos para voltar à minha terra de vez, só mais 1 ano!! heheheheheh

Ah! e claro, hoje falei com os donos da casa, já mais calma e fazendo de conta que era normal.... e recebo a resposta que eles pensavam que ela limpava. Pois não limpa, não limpou e já todos tomaram banho na porcaria que estava na banheira, menos eu...... a lixívia está actuar (é pena não ter amoníaco) ;-)


Um beijo


PS - Comentário Esotérico: Marte está em Leão (até ao fim de Junho) o que ajudou bastante no efeito efervescente.

10 May, 2008

As histaminas ...


E perguntam vcs:

o que são as histaminas? :-)

Resposta: são as bolinhas amarelas na figura ao lado!




(Fig:
Mastócitos libertando moléculas de histaminas)


Para quem não conhece esta palavra, histaminas são sinónimo de Alergias!
É a mais pura das verdades, infelizmente.
Estou com uma crise da qual já não tinha memória, a Primavera finalmente chegou e com ela os pólens estão a ser libertados atacando as criaturas mais indefesas ( eu!) com sistemas imunitários hipersensíveis (eu também!) provocando reacções alérgicas exageradas de arrastar para a cama qualquer pessoa (por acaso é de onde vos escrevo agora hehehe).

5 dias disto!!
Fazem lá ideia do mal estar sentido a cada minuto, nestes 5 dias intermináveis de rinite alérgica. Estou altamente solidária com todos os sofredores disto.

Entretanto, e como não poderia ser de outra maneira, hoje resolvi 'surfar' um pouco na Internet para saber mais sobre o que são as alergias ou, como eles designam aqui, as Seasonal Allergies. Existe mesmo muita informação, tanto em Inglês como em Português, deixo aqui 3 links que textos que valem a pena ler para compreender o porquê destas reacções alérgicas:

A Natural Approach To Treating Seasonal Allergies
Alergia
Saúde-Informações

deste último destaco :
"A rinite alérgica é uma inflamação crônica da membrana mucosa que reveste as vias nasais, causada por uma reação alérgica.
É caracterizada por nariz entupido, coriza, espirros freqüentes e uma tendência a respirar pela boca.
Os olhos da criança podem ficar vermelhos e lacrimejantes. Dor de cabeça, coceira, rinorragia e fadiga podem ser complicações secundárias. Círculos escuros embaixo dos olhos (chamados de "olheiras alérgicas"), além de um rosto inchado, são freqüentes.
Na presença de um alérgeno, o sistema imunológico da criança libera histaminas e sustâncias químicas semelhantes para combater o que considera um agente invasor.
Essas substâncias químicas causam uma série de reações, inclusive inchaço, congestão das vias nasais e maior produção de muco. É basicamente uma reação hipersensível ou excessivamente ativa do corpo da criança ao estímulo externo."

Falta aqui adicionar o mal-estar no corpo todo e as rápidas alterações na temperatura do nosso organismo: ora estamos com muito calor ora estamos a tremer de frio.
A minha conclusão é: Alergia é coisa séria! ;-)

Um abracinho leve :-)