03 November, 2008

Existem coisas do arco-da-velha!

Existem mesmo coisas do arco-da-velha!
Olhem so' o que me aconteceu Sabado 'a noite :)

Nos fsm 'e raro eu ficar em casa, mesmo agora no meu novo cantinho :), mas no fsm 'e para fazer aquilo que nao fiz durante a semana, por isso 'e que nao paro quieta em casa.
Este fsm la' fui outra vez a downtown (adoro ir la'!), ate' ja' era um pouco tarde e tudo, leia-se de noite, mas mesmo assim fui, tinha que tentar encontrar uns 'slippers' :) .
Ao sair da loja, e ja' pronta para ir para a paragem dos setenta's (dos 'seventies' como eles dizem aqui) que sao 3 autocarros que nos levam de downtown ao Univ. District, vejo o 49 parado mesmo 'a frente da loja.
Ena!, pensei eu, Nao sabia que o 49 tinha aqui uma paragem. Vou apanha-lo!
Devo ter apanhado o autocarro 49 umas 5x, se tanto, desde que cheguei aqui, mas como ele tambem me levava ao Univ. district, la' fui.

Era daqueles autocarros lagarta, compridos e quando entrei vi um lugar mesmo atras do condutor ao pe' de uma senhora assim para o forte, com um casado roxo vivo e um chapeu j'a muito antigo com um alfinete de peito pregado no chapeu. Sentei-me logo ali e ate' ia um bocadinho apertada, mas nada que me incomodasse, embora eu tivesse olhado para o resto do autocarro e visto uma series de lugares vagos e mais convidativos.
O surpreendente 'e que nunca me apeteceu mudar de lugar (!).

Passaram-se muitas paragens, ate' que numa, a senhora sentada ao meu lado resolve mudar de lugar e logo a seguir entram 2 pessoas, um rapaz e uma rapariga que se sentam la', portanto o rapaz ao meu lado e a rapariga ao lado dele.
Eles falavam um com o outro e 'as tantas eu oico qualquer coisa como:
'nao sei que.... e tal....'
(...)
eu pensei: Espera la'! eles estao a falar portugues... nao posso....!
vcs nem imaginam a minha expressao facial quando me apercebi disto!

Encontrar 2 portugueses em Seattle, num autocarro que raramente costumo apanhar e sentados mesmo ao meu lado, digam-me la' qual 'e a probabilidade de isto acontecer?

A minha mente so' dizia: Tens que falar com eles, Susana, tens que lhes dizer qualquer coisa! e la' venci a barreira e perguntei-lhes se eles eram mesmo portugueses, porque a lingua em que eles falavam me era muito familiar. E foi a vez de eles ficarem espantados!
Foi uma viagem curta, ate' eles sairem do autocarro, mas deu para as apresentacoes, o B. chegou a Seattle no mesmo ano que eu, em 2006, a A. chegou ha' 1 mes, ambos na UW.
E mesmo a sair do autocarro, la' se diz o email a correr, que eu memorizei, e os contactos ja' foram feitos.
'E sempre bom conhecer alguem da nossa terra!

E sim, acontecem coisas na vida que nao conseguimos explicar, nem muito menos como elas sao feitas. E 'e todo este processo que torna tudo muito mais aliciante e encantador!

Ate' ao proximo.
Um beijo :}**




No comments: