26 July, 2010

Happy Birthday to Me!

[A versão em Português está depois das fotos]

on the 25th I turned 33 years old.

33 :-) !!!


This is my 4th year on my thirties and I continue to love them!
There was somewhere in my life a turning point when I realized that I was fighting too much... against myself. I decided to surrender and let it flow and I'm glad I did it!
I think acceptance and forgiveness brought into my life the Peace I want feel every day. This is the way.
I think it worth to celebrate every single year of our lives and the best way to celebrate is: good food!!


So we had decided to try this very famous vegetarian/vegan restaurant in Lisbon, Terra, and check out by ourselves the food made there. We made a reservation and chose an outdoor table. Lovely, lovely, lovely! Their backyard is filled up with trees and a small fountain, it's really peaceful (despite the high temperatures on Sunday) and cozy. The main attraction is the buffet, with so many varieties of dishes, around 20 I think, cold and hot dishes. You need a totally empty stomach in order to be able to try everything available to eat. The colors are vibrant and the combination of vegetables in the dishes is something amazing.
They have several kinds of drinks available, wine, teas, fresh juices, and they serve vegan desserts, including some ice cream flavors, which is very nice.

The team is always aware of us and they're all very nice too.

Personally, there were only two less positive points: some dishes are cooked with a great quantity of olive oil, so the taste of olive oil is intense and strong. If you have a "stubborn" gall bladder, this quantity of oil used can become a problem. Me and my dad are very sensitive to this, so I felt some trouble to eat some of the dishes. The other one is the quantity of salt used. We, Portuguese people, usually like well seasoned dishes, and we eat too much salt in general. My salt level is very low right now, so I think the dishes are cooked for 'normal' people who have the salt level above mine. These two points were enough to make me satisfied at the 1st round, which is not common for a vegetarian/vegan buffet.
If you decided to go there, be aware of these two facts.

The price? well, it is expensive, it's not the kind of restaurant you go in every day. But, despite the less positive facts, it worth to give it a try.

We had the buffet, a vegan ice cream for dessert and a toasted barley coffee (my favorite!!!).

My favorite Veg restaurant in Lisbon, so far (I went there 3 times already and I'm always looking for reasons to go back once more!) is Paladar Zen, close to Campo Pequeno. The food is terrific!!
They have a buffet (lunch for 6.50 Euros and dinner for 9,80 Euros - only for the buffet, drinks, desserts and appetizers aren't included). The space is smaller and they have less dishes available than Terra, but very cozy, the team is always available for us, and the food.... oh God! something delicious, no excess of salt or oil, you feel the real taste of everything you are eating. They even have fruit sushi! Their drink of the day is something worth trying, usual a fresh juice with a combination of two types of fruits.
The nights are very pleasant and slower (sometimes!) if you want to get a more intimate dinner. At lunch time they are packed with people, peak hour from 1pm to 2 pm. They have take away, which is great. The daily menu is online.

If you want to find out more Veg. places to eat everywhere, Portugal included, follow the Happy Cow.
The vegan/vegetarian/macrobiotic/raw community are the most creative communities on Earth. It's delicious how cooking can bloom out our creative side.

Here are some pictures:



Hugs :}**



****


No dia 25 de Julho fiz 33 anos de vida!

Este é o meu 4 º ano do meu trinta anos e eu continue a adorar ser trintona!
Houve um momento na minha vida em que ocorreu um ponto de viragem quando eu percebi que vivia os meus dias e os meus anos numa luta interna intensa ... contra mim mesma. Nesse dia, decidi render-me e deixar fluir o que tinha dentro de mim e em boa hora tomei essa decisão!
Eu acho que a aceitação e o perdão trouxe à minha vida a Paz que eu quero sentir em cada dia.
Este é o caminho.

Vale a pena comemorar cada ano de nossas vidas e a melhor maneira de comemorar é com boa comida!
Tínhamos decidido tentar este famoso restaurante vegetariano /vegan, em Lisboa, o Terra, e verificar por nós mesmos a comida feita lá. Fizémos uma reserva e escolhemos uma mesa ao ar livre, no pátio das traseiras. Lindo, lindo, lindo! O pátio está cheio de árvores e tem uma pequena fonte, é muito tranquilo (apesar das altas temperaturas no domingo) e acolhedor. A principal atracção é o buffet, com tantas variedades de pratos, cerca de 20 acho, frios e quentes. Precisamos de um estômago totalmente vazio, para sermos capazes de comer tudo o que está disponível. As cores são vibrantes e a combinação de legumes nos pratos é algo surpreendente. Tão criativo!
Eles têm vários tipos de bebidas disponíveis, vinhos, chás, sumos de fruta naturais, e servem sobremesas vegan, incluindo alguns sabores de gelado/sorvete, o que é muito bom.

A equipa está sempre atenta ao que se passa e todos eles são muito simpáticos e atenciosos.

Pessoalmente, houve somente dois pontos menos positivos: alguns pratos são feitos com uma grande quantidade de azeite, o sabor do azeite é intenso e forte apagando totalmente o resto dos ingredientes. Se tiverem uma "vesícula teimosa", esta quantidade de azeite usado pode causar problemas. Eu e meu pai somos muito sensíveis aos óleos usados na comida, tanto que eu senti logo alguma dificuldade para comer alguns dos pratos. A outra é a quantidade de sal utilizado. Nós, o povo Português, comemos muito sal, em geral. O meu nível de sal é muito baixo, desde que passei a comer mais saudavelmente digamos assim, e por isso acho que os pratos são preparados para pessoas "normais", onde o nível de sal está acima do meu. Estes dois pontos foram suficientes para eu ficar satisfeita logo na 1ª volta, o que não é comum para um buffet vegetariano / vegan.

Se você decidiu experimentarem, tenham em conta estes dois factores.

O preço? sim, é caro, não é o tipo de restaurante a onde podemos ir todos os dias. Mas, apesar dos pontos menos positivos, que vale a pena experimentar!

Comemos o buffet, um gelado vegan de manga e um café de cevada torrada ( o meu preferido!!!).

Até hoje, o meu restaurante favorito Veg, em Lisboa (já lá fui 3x e estou sempre à procura d euma desculpa para lá voltar!) é o Paladar Zen, ao pé do Campo Pequeno, uma rua acima da Av. de Berna.
A comida é DELICIOSA!
Também têm buffet (almoço a 6,50 euros e 9,80 euros o jantar - apenas o buffet, bebidas, sobremesas e aperitivos não estão incluídos no preço). O espaço é menor e eles têm menos pratos disponíveis comparando com o Terra, mas é muito acolhedor, o pessoal está sempre disponível para nós, e a comida .... oh God! muito, muito boa, sem excesso de sal ou óleo/azeite, sente-se o verdadeiro sabor de tudo o que se está a comer. Eles até têm sushi de fruta!
A bebida do dia é algo que vale a pena tentar, um sumo natural, numa combinação de dois tipos de frutas (pode variar).
As noites são muito agradáveis e é mais sossegado (por vezes!) o ideal para um jantar mais íntimo. À hora do almoço está cheio, o pico é das 13h às 14h. Têm take away, o que é óptimo.
Podemos ver o menu do dia online.

Se quiserem saber mais sobre restaurantes Veg. para comer em qualquer lugar, Portugal incluído, vão até ao Happy Cow.
As comunidades vegan/vegetariano/macrobiótica/crudívoras são as mais criativas de todas! É surpreendente como cozinhar pode trazer ao de cima e inspirar o nosso lado mais criativo.

As fotos estão em cima.


Um beijo
:}**

2 comments:

Andreia said...

Parabens Susaninha!
Fizeste aninhos e nada disseste...
bjs de muitas felicidades,
andreia

Daisy said...

viva!!!
eu la' ia dizer alguma coisa hehehehe, aniversario rima com intimidade, sao duas palavras 'intimamente' ligadas, nao sou pessoa de festas, para mim 'e fundamental o carinho verdadeiro e esse tenho-o de vo's, meus amigos, nos momentos que mais preciso e precisei. O resto... sao aderecos.

Um beijo grande, grande!