08 May, 2011

De qualquer modo ...

[9 de Novembro de 2010, Lisboa, depois do pôr-do-Sol]


****

As pessoas são muitas vezes insensatas e egoístas:
perdoe-lhes de qualquer modo.
Se é honesto, as pessoas podem enganá-lo:
seja honesto de qualquer modo.
Aquilo que demorou anos a construir, alguém pode destruir de um momento para o outro: construa de qualquer modo.
O bem que fez hoje, irá ser esquecido amanhã:
faça o bem de qualquer modo.
É que em última análise é tudo entre si e Deus;
nunca foi entre si e os outros, de qualquer modo.

****


Estas palavras colocaram a minha mente num turbilhão, ao mesmo tempo que me harmonizavam o coração :), porque muitas vezes não consigo explicar porque continuo a perdoar, a ser tolerante, paciente, a fazer o bem/ajudar, quando aparentemente as pessoas "não merecem" (sob pontos de vista de outrem). Mas o que as pessoas não percebem é que eu faço isso por mim mesma, seguindo a Lei de Deus: da Justiça, da Caridade e do Amor. E porque, acima de tudo, o maior beneficiário do bem que faço, sob todos os aspectos, SOU EU! :)


-- -- Vale a pena meditar sobre isto! -- --


Um beijo na alma :}**

07 May, 2011

Sim, Sim... é Electrizante! ;-)


de quem mais poderia falar eu?! deles, pois está claro!

Amor... Amor.... Amor Electro!



esta música faz-me flutuar.... principalmente se a ouvir ao fim do dia, no crepúsculo, a altura favorita dos meus dias, a transição entre o masculino e o feminino, entre a correria e a calma.
Para cantarem em plenos pulmões, como eu faço quando ponho os phones ou ligo o rádio do carro :)

Música: A Máquina (acordou)

Saber o que fazer,
Com isto a acontecer,
Num caso como o meu.
Ter o meu amor,
Para dar e pra vender,
Mas sei que vou ficar,
Por ter o que eu não tenho,
Eu sei que vou ficar.
É de pedir aos céus,
A mim, a ti e a Deus,
Que eu quero ser feliz.
É de pedir aos céus,
Porque este amor é meu,
E cedo vou saber,
Que triste é viver.
Que sina, ai, que amor,
Já nem vou mais chorar,
Gritar, ligar, voltar,
A máquina parou,
Deixou de tocar.

Sentir, não mentir,
Amar e querer ficar,
Que pena é ver-te assim,
Já sem saberes de ti.
Rasguei o teu perdão,
Quis ser o que já fui,
Eu não vou mais fugir.
A viagem começou,
Porque este amor é meu
E cedo vou saber,
Que triste é viver.
Que sina, ai, que amor.
Já nem vou mais chorar,
Gritar, ligar, voltar,
A máquina parou,
Deixou de tocar.
É de pedir aos céus,
A mim, a ti e a Deus,
Que eu quero é ser feliz.
É de pedir aos céus.

Porque este amor é teu,
E eu já só vou amar,
Que bom não acabou,
A máquina acordou.

Fonte da letra


DEMAIS !!! :)


Um beijo :}**


06 May, 2011

5... sabores e mais 7! :)


Une-se o princípio e o fim e temos 57 :

57 aninhos faz a minha mãe hoje!

por uns meses temeu ela que não chegasse a esta idade.
Eu nunca temi, sabia, tinha a certeza de que ainda não tinha chegado a hora de desencarnares, mãe, mas esta seria mais uma prova pela qual todos teríamos que passar. O vento amainou, o mar já está sereno a maior parte de tempo. Mas de vez em quando umas guinadas de dor, fazem parte... do esforço necessário para cura, a todos os níveis.
Não é o corpo humano um templo maravilhoso?
Não podemos esquecer que o Pai nunca nos dá provas que não possamos suportar. É sempre entre Ele e nós e é Ele quem sabe do que nós realmente precisamos, para que quando chegar ao fim mais esta prova terrena, possamos estar um bocadinho mais perto dele, vibrar num outro nível de energia, darmos o salto quântico :).

E, como o almoço era por minha conta, disse "Ahhhh!! Vou levar-te a um sítio E-S-P-E-C-T-A-C-U-L-A-R !!", "hmmm...são todos espectaculares..." responde a minha mãe com o seu usual cepticismo, "não, não, este é MESMO ESPECTACULAR, uma DELÍCIA, o número 1!!" respondi eu num entusiasmo crescente :) - e é mesmo!

O restaurante chama-se 5 SABORES, é um restaurante macrobiótico, de gente nova, fica na Rua Rodrigues Sampaio 94C, em Lisboa, esta rua é paralela à Av. da Liberdade, fica entre a Av. da Liberdade e a Rua de Santa Marta. Saída do metro: Marquês de Pombal.

O espaço é amplo, em tons claros, a comida é de muito boa qualidade, saborosa e servem refeições completas e muito coloridas (bem ao estilo macrobiótico!). O menu é um livrinho com glossário, muito giro ;).
Das 2 vezes que fui lá escolhi a "Inspiração do Chef" e não me arrependi, aliás nenhum de nós. O Chef é amigo de uma amiga de longa data, portanto "estamos em família". O preço achei o normal para restaurantes deste género, com a grande diferença para a qualidade e criatividade do prato.
É o meu número 1 e recomendo vivamente!
A minha mãe adorou! até falou com o Chef só para lhe dizer que nunca tinha comido tempura de vegetais e por ela comia um prato inteirinho só daquilo! (ele fartou-se de rir!).


PARABÉNS Mãe!!



Um beijo :}**


PS - 5 sabores: doce, salgado,ácido, picante e amargo. Ligados aos 5 sentidos.

01 May, 2011

Expensive Soul :)


e porque hoje é

DIA da MÃE :-)


e é ela a razão da minha grande ausência aqui no blogue e da minha quietude noutras áreas onde costumo ser mais activa, e, infelizmente, por motivos graves, que mais tarde vos direi - e como ela ADORA os Expensive Soul e até já consegue dançar quando o álbum deles toca cá em casa, aqui ficam 2 músicas que a levam ao delírio total :)


O Amor é Trágico:




Letra para acompanharem:

Não dei por começar, mas aconteceu
como da primeira vez, baby isto sou eu (sou eu)

era só olhar, batia perfeito
gelas como o mar, como tar sem jeito

tentei mudar-te um pouco, mas agora sei que não devia

tentei mostrar-te o louco, que sou por ti desde esse dia

oooh oooh

não me deixes mais, nesta situação
quero tar contigo, perder a noção

que o amor é rápido (yeeeah), sádico (uuuh)
às vezes é trágico (yeeeah)
mágico, é má-gi-co (x8)

podia dizer, que fiquei sem chão
e o que tu me deste, foi uma lição

acredito ter, aquilo que queres
mas depois de teres, aí não desesperes

tentei mudar-te um pouco, mas agora sei que não devia

tentei mostrar-te o louco, que sou por ti desde esse dia

oooh oooh

não me deixes mais nesta situação, quero tar contigo
pra ter a noção

e o amor é rápido (yeeeah), sádico (uuuh)
às vezes é trágico (yeeeah)
mágico, é má-gi-co (x8)

yo
é de loucos o que sinto por ti, sinto falta de ti
desejava tanto que 'tivesses aqui
e me desses o devido valor
porque acredito que a vida não é nada sem amor
não, sei que não sou perfeito
nem nada que se pareça mas eu respeito
o que vai na tua cabeça
que te gramo, que te adoro, que te amo
que te quero, que te venero, que te sinto, que te espero.
não me deixes mais nesta posição
nada é em vão tudo tem a sua explicação
e eu sei a minha
quando te vejo, falo, toco,
arrepio na espinha
e agora vai ser tudo de bom
quero ver a tua cara quando ouvires este som
ah e vou tentar ser mais coração mole
vou ligar-te para irmos ver o pôr do sol
e o amor é rápido

sádico, às vezes é trágico
mágico, é má-gi-co (x8)
é rápido, é má-gi-co

----

Dou-te Nada:





Letra:

Qual era a minha posição
Se tu queres viver assim
Perder-te assim
Senti que tinha obrigação
Em tentar salvar-te
Mas não é dar-te
Tudo o que queres é demais para mim
Não te quero dar mais do que posso

Dou-te nada
Quando tu queres tudo
Dou-te tudo
Quando não queres nada

Queres tudo queres
Não queres nada, não (x4)

Qual era a tua indecisão
Se tu vais sentir por fim
Noites frias sem mim
Não basta só ter a intenção
É preciso dares-te
Sem duvidares que
Tudo o que queres é demais para mim
E eu não consigo dar mais do que posso

Dou-te nada
Quando tu queres tudo
Dou-te tudo
Quando não queres nada

Não vamos fazer disto mais uma canção
Leva-me a sério e ouve o que eu te disse no refrão
Eu não quero ser sempre o teu porto seguro
Mas tenho a certeza que és o meu futuro
Como farei, direi ser o teu predilecto
Partilhar contigo tudo no mesmo tecto
Lamechices que eu amo demais
Tou tão apanhado por ti que só me apetece pedir a mão aos teus pais
Viver alguns tipo anos 60
Onde tudo era tão belo
Virgem, simples, perfeito
Se tás apaixonada não fiques parada
Porque eu

Dou-te nada
Quando tu queres tudo
Dou-te tudo
Quando não queres nada




Feliz Dia das Mães para todas as mães!


Um beijo :}**